Juntos somos mais fortes!

Nosso compromisso com associações da indústria solar

Como fabricante de sistemas de montagem para instalações fotovoltaicas, temos trabalhado todos os dias desde 2004 para ajudar a realizar a mudança da matriz energética mundial.


Decidimos apoiar várias associações a nível continental, nacional e regional, porque juntos somos mais bem sucedidos e somos muito mais ouvidos. Portanto, é importante para nós que possamos desenvolver juntos os padrões de qualidade do setor, afim de construir sistemas fotovoltaicos seguros e sustentáveis a longo prazo.


Nesta seção, mostramos com quais associações da indústria solar temos trabalhado durante muitos anos para aumentar a conscientização e iniciar mudanças apropriadas na política, nos negócios e na sociedade:

SolarPower Europe, Associação Europeia da Indústria Fotovoltaica, associação. Energia Solar Europa

SolarPower Europe: Fazendo da energia fotovoltaica a tecnologia chave na Europa

A SolarPower Europe, antiga Associação Européia da Indústria Fotovoltaica, representa mais de 200 empresas de toda a cadeia solar em mais de 38 países.

"A energia solar é um dos pilares da energia renovável e a Europa pode liderar o caminho. Juntos, abordamos os desafios e as oportunidades para os formuladores de políticas", diz Katharina David da K2 Systems.

Juntamente com a SolarPower Europe, desenvolvemos importantes padrões de qualidade para a construção de usinas fotovoltaicas. Recebemos informações da política e podemos fazer previsões mais confiáveis graças a análises representativas do mercado energético. Igualmente importante é o posicionamento da energia solar junto aos tomadores de decisão política a nível europeu e nacional.

 
ABSOLAR (Associação Brasileira de Energia Solar)

Brasil: ABSOLAR

Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), fundada em 2013, é uma entidade nacional, sem fins lucrativos, que reúne empresas de toda a cadeia de valor do setor solar fotovoltaico (FV) com operações no Brasil. A entidade coordena, representa e defende os interesses de seus associados quanto ao desenvolvimento do mercado e do setor, promovendo e divulgando a energia solar fotovoltaica no País.

"Assim como a ABSOLAR, defendemos o profissionalismo e a ética na defesa dos interesses de toda a cadeia produtiva do setor. Trabalhamos juntos com clientes, instaladores e todas as empresas da cadeia em prol do desenvolvimento sustentável da matriz solar fotovoltaica no Brasil", resume Hanns Martin Drope, Director da K2 América Latina.

ABGD (Associação Brasileira de Geração Distribuída)

Brasil: ABGD

Associação Brasileira de Geração Distribuída (ABGD) pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, que reúne provedores de soluções, EPC's, integradores, distribuidores, fabricantes, empresas de diferentes tamanhos e segmentos, além de profissionais e acadêmicos do setor, que têm em comum a atuação direta ou indireta na geração distribuída oriunda de fontes renováveis.

"A ABGD disponibiliza diversos benefícios aos seus associados visando compartilhar informações, conhecimento e "networking" oriundos de uma associação de empresas com um objetivo comum: desenvolver o mercado de Geração Distribuída. Para tal, estruturou serviços e benefícios especiais, cursos de capacitação e workshops, eventos, compartilhamento de informações técnicas e suporte jurídico", resume Hanns Martin Drope.

BSW, Associação Alemã da Indústria Solar

Alemanha: Bundesverband Solarwirtschaft

A Associação Alemã da Indústria Solar tem representado os interesses de cerca de 1.000 empresas solares na Alemanha há mais de 40 anos. A associação atua como informante, assessor e mediador no campo de ação entre empresas, política e consumidores.


"Precisamos urgentemente de mais coragem e vontade política para a mudança, portanto agrupamos os interesses energéticos nacionais. Através dos grupos de trabalho, trocamos constantemente idéias e, por exemplo, fazemos avançar a questão da segurança. Além do trabalho de imprensa e relações públicas, eles também nos fornecem informações rápidas sobre a indústria", resume Katharina David.

Solar Energy UK, Grã-Bretanha, Reino Unido

Reino Unido: Solar Energy UK

A Energia Solar Reino Unido é uma associação comercial estabelecida que representa toda a cadeia solar e de armazenamento de energia. Ela representa uma próspera comunidade liderada por membros de mais de 230 empresas e associados. O objetivo da Energia Solar Reino Unido é catalisar as forças coletivas de seus membros para construir um sistema de energia limpa para o benefício de todos.

"A Energia Solar Reino Unido é um parceiro importante na comunidade fotovoltaica. Eles nos fornecem dados importantes do mercado e a colaboração nos grupos de trabalho é muito produtiva. Além disso, eles estão garantindo a atenção necessária do governo e políticas relevantes em nosso nome", diz Kai Schuebel, Diretor da K2 Solar Mounting Solutions.

Associação Solar Itália, Solar Itália

Itália: Italia Solare

Itália Solar é a única associação na Itália dedicada exclusivamente à fotovoltaica e às integrações tecnológicas para a gestão inteligente da energia. Entre os membros estão empresas e organizações ativas ao longo de toda a cadeia: comerciantes de energia, fabricantes de tecnologia, distribuidores, designers e instaladores, EPC e universidades.

 

"Somos membros há muitos anos afim de expandir ainda mais a popularidade da energia fotovoltaica na Itália. Uma força particular da Italia Solare são os grandes eventos com interessantes palestras de especialistas e uma grande oportunidade para networking", diz Claudia Vannoni, Country Manager da Itália.

Conselho de Energia Limpa, Austrália, Nova Zelândia, Ilhas do Pacífico

Austrália: Clean Energy Council

O Conselho de Energia Limpa é o órgão máximo da indústria de energia limpa na Austrália, e representa seus membros, dentre eles empresas australianas líderes em energia renovável e armazenamento de energia, bem como os instaladores solares de telhado, para promover o desenvolvimento de energia limpa no país.


"Estamos convencidos de que a indústria de energia renovável precisa de boa cooperação e padrões comuns. Juntos já alcançamos que 27 % da eletricidade da Austrália vem de fontes renováveis", diz David McCallum, diretor administrativo da K2 Systems Pty Limited.